Image


Publicado por :   Associação Ginecologistas   |   Dia : 22-08-2022   |   Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica 276

Realizada Webinar sobre a Abordagem de Ginecologia Oncológica em Moçambique

Numa Iniciativa da Direcção da AMOG

O Comité de Ginecologia Oncológica da AMOG realizou, recentemente, uma Webinar com o tema Abordagem de Ginecologia Oncológica, que contou como oradora, a Drª Magda Ribeiro, médica gineco-obstetra, membro da AMOG. A Webinar que se deu via ZOOM, foi introduzida pela presidente da AMOG, Drª Hermengarda Pequenino e teve a moderação da Drª Dércia Changule, também médica ginecologista obstetra membro do referido comité.


Avanços na especialidade

Na webinar a Drª Magda fez uma breve contextualização da criação e evolução da especialidade e respectivo serviço de Ginecologia Oncológica no Hospital Central de Maputo (HCM), onde são realizadas actividades de prevenção, rastreio, diagnóstico, tratamento – cirúrgico, quimioterápico e radioterápico – e seguimento dos cancros ginecológicos. Mencionou que o serviço de Ginecologia Oncológica é referência nacional, pois recebe mulheres com cancro ginecológico que necessitam e que tenham indicação de tratamento, oriundas de todo o país. Neste momento, as cirurgias radicais do cancro ginecológico e o tratamento radioterápico são realizadas unicamente no Hospital Central de Maputo, sendo que o cancro mais prevalente e tratado é o de colo do útero.

A Drª Magda enfatizou que “o serviço teve grandes avanços a partir de 2017 com um acordo entre Moçambique, EUA e Brasil que criaram uma missão com objectivo de formar médicos ginecologistas oncológicos, tendo culminado com a formação de 3 médicos moçambicanos sub-especialistas em 2020, sendo que actualmente há mais 2 médicos em processo de sub-especialização”.

Ainda há dificuldades por ultrapassar

Dentre os constrangimentos que a Drª Magda apresentou, se destacam o facto de “ainda carecerem de recursos humanos e de infraestruturas suficientes para dar vazão ao número de pacientes em espera e de que partilham recursos limitados de radioterapia e quimioterapia, pois são usados também para tratar cancros de outras especialidades”.

Participação de médicos oncologistas e psicólogos

Estiveram também presentes na webinar, como convidados especiais, médicos de outras especialidades, nomeadamente o Director do Serviço de Oncologia do HCM, Dr. Satish Tulsidas, oncologista clínico; e a Drª Maria Eduarda Machado, psicóloga clínica afecta ao Ministério da Saúde (MISAU).

Durante a sua intervenção, o Dr. Satish Tulsidas congratulou o esforço e a evolução do serviço de Ginecologia na abordagem de cancros que afectam as mulheres, tendo frisado que “a introdução da Consulta de Grupo de Tumores Ginecológicos e da Mama em 2016 veio impulsionar uma mudança a partir da criação de um fórum para discussão de casos, que inicialmente era feita somente para os casos do HCM, e posteriormente foi abrangendo outras unidades sanitárias do resto do país”.

Por sua vez, a Drª Maria Eduarda, que também fez parte do grupo de discussão de casos realçou que “é necessário se incluir psicólogos durante o acompanhamento de pacientes que padeçam de cancros ginecológicos de modo que possam apoiar a parte clínica”. Igualmente, enfatizou a importância do MISAU e parceiros para sensibilizar a população e contribuir para a disseminação de práticas com vista a prevenção dos demais cancros ginecológicos.

Importa referir que o Comité de Ginecologia Oncológica integra e lidera as Consultas de Tumores Ginecológicos e da Mama, que são realizadas semanalmente e que estão abertas para a participação de todos e quaiquer médicos que pretendam esclarecer dúvidas, apresentar e discutir casos relativos às suas pacientes, de tal forma que sejam feitos seguimentos nas diversas unidades sanitárias do país, e evitadas longas esperas de atendimento por parte do Serviço de Ginecologia Oncológica do HCM.

Acompanhe abaixo a webinar na íntegra.



Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica