Image


Publicado por :   Associação Ginecologistas   |   Dia : 28-05-2021   |   Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica 110

Comemorou-se na passada sexta-feira o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher

AMOG participou em cerimónia do MISAU alusiva à data

Sua Excelência Vice-Ministra da Saúde, Dra. Lídia Cardoso orientou na última sexta-feira, dia 28 de Maio, pelas 08h30, no edifício-sede do Ministério da Saúde (MISAU), as cerimónias centrais alusivas ao Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher.


A efeméride que é comemorada todos anos, tem como objectivo chamar a atenção e consciencializar a sociedade sobre os diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres. Neste ano, a data é comemorada sob o lema: “A Saúde da Mulher AINDA é Importante: o acesso das mulheres a informação e serviços essenciais de Saúde Sexual e Reprodutiva continua crítica na resposta à COVID-19”.

Cartaz digital da AMOG alusivo à data

A Associação Moçambicana de Obstetras e Ginecologistas (AMOG) esteve presente no evento, representada pela sua Vice-Presidente, a Dra. Hermengarda Pequenino. Sobre a data, explicou que “a luta pela saúde da mulher ainda tem muitos desafios em Moçambique, porque apesar de o país ter um quadro político avançado e ter ratificado várias convenções internacionais relacionadas aos direitos humanos e à igualdade de género, as desigualdades de género ainda persistem.”  Adiantou que o nível educacional da nossa mulher está directamente associado com o nível de percepção tanto dos deveres assim como dos direitos, no que se refere a sua saúde.

A Dra. Hermengarda enalteceu também o papel que vem desempenhando a AMOG ao congregar profissionais tecnicamente qualificados e com capacidade para influenciar nas mudanças das estratégias e políticas em prol da oferta de serviços de aborto seguro e contracepção no país, bem como na estratégia global para reduzir a morbilidade e mortalidade materna causadas pelo aborto inseguro. Ainda sobre a saúde, ela concluiu dizendo que “parabeniza os esforços do MISAU para alargar a rede sanitária e por celebrar esta data, o que nos força a reflectir sobre os avanços ainda urgentes de modo a reverter a taxa de mortalidade materna, que continua bastante elevada, especialmente na rapariga.” 

Dra. Hermengarda Pequenino, Vice-Presidente da AMOG, durante a cerimónia


Para mais imagens do evento, consulte o anexo disponível no rodapé deste artigo.




Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica




Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica